11-4514-5791 | 11-95135-4734 contato@escritoriorazao.com.br

Contabilidade para prestadores de serviço

No Brasil, os serviços de contabilidade são muito importantes para empresas de prestação de serviço e prestadores de serviços individuais, confira

A figura do contador foi por muito tempo colocada de lado pelas empresas de prestação de serviço, contudo, o Código Civil nacional fez com que a contabilidade para prestadores de serviço fosse algo imprescindível, isso porque uma vez por ano toda empresa presa apresentar o seu balanço.

Contudo, o balanço periódico é a função mínima que uma empresa de contabilidade pode apresentar em uma empresa de prestação de serviços, muitas outras ações estratégicas podem ser apresentadas pelo escritório contábil para o crescimento da sua empresa.

Vamos a alguns pontos iniciais que demonstram a importância da contabilidade para prestadores de serviço:

Burocracia: com o suporte de uma contabilidade, esse processo é simplificado e reduzido;

Custo-benefício: com o acompanhamento, o planejamento contábil garantirá que o dinheiro do empreendedor não será desperdiçado;

Operacional: é um trabalho que não se limita a abertura da empresa, mas se estende em todo o processo de vida contábil que ela pertence.

A primeira relação entre prestadores de serviço e contabilidade

A primeira relação entre prestadores de serviço e contabilidade está no CNPJ. Porém, alguns prestadores de serviço atuam dentro da informalidade e não possuem o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica e a sua atuação como pessoa física derruba a obrigatoriedade do suporte do contador. Porém, essa economia muitas vezes podem ser o barato que sai caro e essa negligência contábil pode embarreirar, e muito, suportes de desenvolvimento que gerarão bons retornos com poucos esforços. É aí que a relação custo-benefício vai para o buraco.

Regimes tributários

O regime tributário depende do porte dos serviços e da empresa de prestação de serviços e cabe a contabilidade dar esse suporte ao prestador. Os tipos de empresas a serem enquadrados são:

  • Simples Nacional;
  • Lucro Real;
  • Lucro Presumido.

E variam pela possibilidade de ganho e a relação com os encargos. Com o suporte contábil, a empresa de prestação de serviço terá os seus impostos recolhidos dentro da realidade. Quando isso cai no colo de alguém que desconhece as funções financeiras a probabilidade de escolher o regime tributário inadequado e ter que arcar com o pagamento de impostos proporcionalmente melhor do que o ganho é bem grande.

E a contabilidade nessa história, prestador de serviço?

PIS, COFINS, ISS, ICMS, IRPJ, CSLL, o que essas siglas têm em comum? Todas elas são impostos. E é aí que entra a contabilidade na história. É muito louco para um prestador de serviço estar por dentro de tantas variações tributárias existentes. Por exemplo, o ISS varia de 2 a 5%, dependendo do segmento de atuação. A contabilidade estará preparada para dar total suporte para as pendências financeiras.

A sua especialidade é prestar determinado serviço e a contabilidade presta o serviço contábil para a sua empresa, por isso que, na relação custo-benefício, a contabilidade é tão importante à prestação de serviço, pois faz com que o foco da empresa seja o motivo pelo que ela foi criada, e não a manutenção do seu exercício.

Outra importância da contabilidade para com os prestadores de serviço está no auxílio estratégico que pode gerar boas e grandes ações de sucesso que reverterão em lucros para a empresa.

De modo geral, são inúmeras as vantagens de se ter um serviço de contabilidade a sua empresa de prestação de serviço, bem como a formalização da empresa. Com certeza as desvantagens em não ter se torna até mesmo maior.